Horário de apoio a cliente

2ª a 6ª feira das 10h00 às 20h00

sábado das 11h00 às 19h00

Aceitamos

Show More

A obra de Lotz caracteriza-se por duas atitudes, uma que consiste em dizer que Heidegger colocou a questão do Ser de uam forma mais fundamental do que São Tomas de Aquino e outra que consiste em mostrar que a posição heideggeriana se interdiz, pela sobreavaliação do tempo de aceder ao sentido último do Ser, ao Ser subsistente ou Deus. É, pois, a pertinência teológica de Heidegger que é colocada em questão. A originalidade deste estudo está no renovar da problemática escolástica perante a ontologia de Heidegger. Mais do que ressuscitar São Tomás de Aquino, sobrepondo-o à filosofia moderna, Lotz ressuscita um questionamento fundamental dos antigos perante os modernos. Um livro sereno que nos esclarece sobre a credibilidade filosófica de Heidegger.

Martin Heidegger e São Tomás de Aquino de Johannes B. Lotz

20,04 €Preço
  • Autor: Johannes B. Lotz 
    ISBN: 9789727714865

    Edição ou reimpressão: 04-2002

    Editor: Instituto Piaget

    Idioma: Português

    Dimensões: 156 x 231 x 22 mm

    Encadernação: Capa mole

    Páginas: 328

    Tipo de Produto: Livro

  • Instagram Espiral
  • YouTube espiral canal
  • Espiral Twitter
  • Espiral Facebook
  • Site espiral.pt