Horário de apoio a cliente

2ª a 6ª feira das 10h00 às 20h00

sábado das 11h00 às 19h00

Aceitamos

Show More

"Os Analectos" compilam os principais aforismos atribuídos a Confúcio (séculos VI-V a. C.) e estão para a tradição do pensamento chinês como a Bíblia hebraico-cristã para a tradição ocidental. Ainda hoje são considerados, na China, como o único registo fiável dos ensinamentos de Confúcio. Como Sócrates no Ocidente, Confúcio nada escreveu, e os Analectos foram coligidos, depois da sua morte, pelos seus discípulos. E plasmam todo um conjunto de preceitos de comportamento individuais, sociais e políticos.

Mais ou menos na mesma época em que, na Grécia, nascia o ideal filosófico de saber, Confúcio inaugurava no Oriente uma outra tradição, igualmente grandiosa, de pensamento. Leibniz, um filósofo fascinado pela singularidade dessa tradição mas também pela sua «entre--expressão» espiritual com a tradição greco-cristã europeia, chamou-lhe no séc. XVIII a «teologia natural» dos chineses. A influência das ideias reunidas neste livro foi tal que o confucionismo acabaria por ser adoptado, no século III d. C., como pensamento oficial do Império.

Os Analectos - Livro 1 de Confúcio

REF: 9789896826666
9,90 €Preço
  • Autor: Confúcio 

    ISBN: 9789898231161

    Edição ou reimpressão: 12-2017

    Editor: Lenoir

    Idioma: Português

    Encadernação: Cartonado

    Páginas: 266

    Tipo de Produto: Livro

  • Instagram Espiral
  • YouTube espiral canal
  • Espiral Twitter
  • Espiral Facebook
  • Site espiral.pt